terça-feira, 11 de julho de 2017

Bragança não vai desaparecer...ora não Avô?

Não meu amor, não vai. Nem eu vou deixar...nem tu...
Queremos viver AQUI!

Sem comentários: