segunda-feira, 28 de agosto de 2017

Chuva e trovoadas obrigam a organização a cancelar Water Slide Festival na tarde de Domingo

No domingo as altas temperaturas deram lugar a trovoadas, vento e à ocorrência de chuva forte que acabou por surpreender os mais desprevenidos.
Em Bragança, a chuva forte fez alguns estragos nas ruas que tinham o piso em fracas condições e a força da água acabou por arrancar alguns paralelos, empurrando-os para a estrada. Segundo fonte dos bombeiros voluntários, houve apenas um pedido de socorro, devido a uma inundação numa garagem na Rua Estado de São Paulo, no Bairro da Côxa, onde a intensidade da chuva foi mais visível. No resto do distrito, segundo fonte da proteção civil não se registou nenhum incidente.
Ainda na cidade Bragança, no fim-de-semana, decorreu o Water Slide Festival, um festival que além de um escorrega de água com 500 metros de comprimento, tem também outras actividades ligadas ao verão que atraiu centenas de pessoas à avenida das forças armadas.
A chuva e a trovoada obrigaram ao cancelamento do evento, na tarde de Domingo. Armando Ribeiro, coordenador geral do Water Slide, explica que a decisão de parar com as actividades foi uma questão de segurança. “Dada a chuva e o vento forte optámos por não correr riscos. Fechámos mais cedo, porque há muitos cabos e ligações eléctricas e não queremos arriscar nada com a segurança das pessoas”, explica.
Contudo, no primeiro dia o Water Slide foi um sucesso. Segundo a organização, No terceiro ano da iniciativa em Bragança, passaram pelas actividades mais de 2000 pessoas. “A adesão foi fantástica, aqui na cidade de Bragança é sempre surpreendente porque pelo terceiro ano consecutivo já não é factor novidade mas ficámos estupefactos que no sábado passaram aqui entre 2000 a 3000 pessoas, não só a deslizar, mas também a assistir. Foi muito bom mesmo”, refere.
Terminou assim a 3ª edição do Water Slide Festival na cidade de Bragança, este ano um pouco mais cedo do que estava previsto.

Escrito por Brigantia

Sem comentários: